Amamentação

Melhor posição para amamentar o bebê

Dor nas Costas Mãe
Escrito por Equipe Fraldário

Após o período maravilhoso da gestação, enfim a mamãe tem o seu bebê nos braços. É normal que logo surjam muitas dúvidas sobre cuidar do pequeno e, em geral, a primeira delas envolve a amamentação. A mamada é um momento único entre mãe e filho e, para que não haja problemas, é preciso encontrar a posição correta para amamentar.

Saiba que existem técnicas bem fáceis para que ambos fiquem bem confortáveis e que facilite a pega pra o bebê. Para saber quais são elas, continue com a leitura! Desse modo, você evitará os erros mais comuns e saberá exatamente como proceder para que todas as mamadas sejam tranquilas, fortalecendo ainda mais o laço entre você e seu filho!

Saiba a importância da amamentação

A Organização Mundial da Saúde afirma que a alimentação do bebê até seus 6 meses deve ser exclusivamente de leite materno. Afinal, contém todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento da criança. A partir dessa idade, começa a introdução alimentar, mas sem deixar a amamentação de lado.

Além de possuir tudo que os pequenos necessitam, a amamentação ainda apresenta outros benefícios, tais como:

  • reforça os laços entre mãe e filho;
  • promove a proximidade, segurança e estabilidade emocional durante o desenvolvimento da criança;
  • no caso do leite materno, oferece proteção contra alergias em qualquer idade;
  • possui substâncias analgésicas, sendo a melhor forma de acalmar um bebê com cólica;
  • reduz os riscos de obesidade e diabetes infantil;
  • fortalece o sistema imunológico.

Entenda como deve ser a pega correta

A pega correta garante que o neném consiga beber bastante leite e evita dor e ferimentos nos mamilos. Portanto, é preciso que o bebê abra bem a boquinha antes de abocanhar o seio, devendo pegar mais a parte de baixo da auréola que a de cima. Ainda, o queixinho necessita estar encostado à mama.

Cuide para que o nariz do seu filho esteja livre e preste atenção se as bochechinhas estão cheias. Além disso, o neném não deve produzir nenhum som enquanto mama, somente o de engolir o leite. Caso o bebê abocanhe somente o mamilo, haverá ferimentos e não sairá leite suficiente, deixando-o irritado.

Encontre a posição correta para amamentar

A posição correta é aquela em que tanto a mãe quanto o filho estão confortáveis e o bebê fica bem aninhado junto ao colo. Portanto, levando em consideração a pega correta, encontre uma postura que seja confortável para ambos. Há diversas maneiras:

Deitada de lado na cama

Apoie sua cabeça no braço, travesseiro ou almofada para ficar mais confortável. Então, ofereça ao bebê a mama mais próxima ao colchão. Essa posição é muito útil para as mamadas noturnas ou quando você está muito cansada.

De pé

Para amamentar em pé, deite o bebê em seu colo. No entanto, é preciso colocar uma das mãos entre as pernas dele para ter maior firmeza e aconchego. Essa forma é usada principalmente quando é preciso amamentar em público em lugares onde não há assento.

Sentada com o bebê deitado

Sente-se confortavelmente e deite o bebê no colo segurando-o com os dois braços por baixo do seu corpinho. Deixe a barriguinha dele encostada na sua.

Sentada com o bebê de lado

Essa posição é a melhor para aliviar a tensão nas costas. Para isso, deite o bebê, passando um de seus braços por baixo dele, e oferecendo a mama mais próxima à boquinha.

Para as posições em que a mamãe fica sentada, o ideal é utilizar uma almofada de amamentação. Dessa forma, o bebê fica muito mais confortável, a mãe consegue relaxar melhor e ainda fica com uma das mãos livres.

Enfim, agora que você já sabe como deve ser a pega e também a posição correta para amamentar, certamente esses momentos serão ainda mais especiais tanto para você quanto para seu filho. Afinal, como estarão confortáveis, ambos poderão curtir ainda mais essa proximidade que reforça os laços e a cumplicidade a cada mamada.

Comentar