Fraldas

Fralda de Pano ou Fralda Descartável? Tudo o que você precisa saber!

Escrito por Equipe Fraldário

Durante vários anos as fraldas descartáveis foram as protagonistas na rotina de cuidados com o bebê com uma infinidade de modelos e marcas. Isso vem mudando, principalmente por conta da conscientização ambiental, e as fraldas de pano voltam a ganhar espaço.

A verdade é que um bebe precisa de muitas fraldas durante a sua vida. Quer entender melhor os benefícios e vantagens de cada uma delas?

Então continue a leitura do post!

Fralda Descartável ou Fralda de Pano?

Desde a década de 1950 que as fraldas descartáveis começaram a ser produzidas e comercializadas internacionalmente. Criadas por um engenheiro químico americano, elas tiveram fácil aceitação do público por causa da praticidade que ofereciam.

Fabricadas numa mistura de polietileno, pasta de papel, água e poliacrilato (composto químico absorvente), as fraldas descartáveis utilizam muitos recursos ambientais para serem produzidas e demoram até 600 anos para decomporem-se, de acordo com um estudo realizado.

Em contrapartida, as fraldas de pano não exigem descarte imediato, diminuindo a poluição ambiental. Além disso, elas não possuem componentes químicos que podem causar alergias ao bebê.

Antes do uso dos produtos descartáveis, elas eram a opção dominante nos lares de todo o mundo. O problema era a demanda de tempo exigida com seu uso. A absorção do xixi era menor, sendo necessárias mais trocas, e toda vez que a criança fazia cocô era preciso lavar de imediato.

Com o tempo a fralda de pano tornou-se mais moderna e está sendo reutilizada pelas pessoas preocupadas com a sustentabilidade ambiental.

Tipos de fralda: como escolher?

Mas, com tanta variedade de modelos e tamanhos, nem sempre é fácil para os pais de primeira viagem entender se fizeram ou não a escolha certa.

Por essa razão, reunimos algumas características fundamentais para que você não erre na hora de escolher a melhor opção para o seu pequeno. Confira!

1. Risco de assaduras

Um dos problemas mais recorrentes que pais de primeira viagem enfrentam são as assaduras. E isso acontece, principalmente, porque a criança acaba passando mais tempo do que o indicado em contato com a urina e as fezes em sua fralda.

Devido a essa mistura, o pH da região aumenta e acaba ativando as enzimas presentes no cocô, o que pode desencadear inflamações, irritações alérgicas — como a dermatite — e infecções provocadas pela cândida, um tipo de fungo.

Por isso, siga o conselho primordial de sempre realizar trocas periódicas de fralda, usar cremes que ofereçam uma proteção extra contra esse problema e optar por produtos que tenham um sistema de absorção mais eficaz para deixar o seu filho seco por mais tempo.

2. Tamanho da fralda

O tamanho da fralda que você escolher também influencia no risco de assaduras e no conforto da criança. Isso, porque modelos que são muito apertados podem aumentar a temperatura e a umidade do local, deixando a pele da criança ainda mais sensível a irritações.

Além disso, prejudicam a mobilidade do bebê, que terá mais dificuldades para mover as pernas. Para escolher a opção que mais se adequa ao pequeno, leve em consideração o peso dele, que é um ótimo índice de referência nessas horas.

Os modelos mais cavados, por exemplo, são ideais para bebês mais magros, já que se ajustam nas coxas sem apertá-las. Já para os mais grandinhos, dê preferência aos tipos mais largos, que proporcionarão total liberdade de movimento.

3. Qualidade de sono

Quando se pensa em qualidade de sono, é natural que venha à mente a imagem do bebê dormindo toda a noite sem interrupções de sono. E para garantir isso, é essencial escolher os tipos de fralda corretos para o período noturno.

Afinal, a criança não possui total controle do sistema urinário e, enquanto dorme, fará xixi algumas vezes.

Contudo, se o modelo não for adequado, com um bom sistema de absorção, barreiras antivazamento e camadas respiráveis, o bebê eventualmente acordará, já que estará molhado ou apresentará irritação do contato entre a sua pele e a urina.

4. Conforto da criança

O seu bebê usará a mesma fralda por um certo número de horas. Por essa razão, você deve pensar em oferecer a ele o máximo de conforto.

Campanha de Doação de FraldasPowered by Rock Convert

Afinal, se o modelo for mal escolhido, a criança poderá ter os movimentos limitados, sentir incômodos e ter a região abdominal inferior pressionada.

Portanto, fique atento a alguns detalhes imprescindíveis, como: se a fralda possui toque macio de algodão, formato anatômico, fitas “gruda e desgruda”, ou ajuste na cintura.

5. Vazamento dos tipos de fralda

Por fim, mas não menos importante, é essencial se atentar a outro detalhe capaz de fazer toda a diferença ao escolher a fralda: se o seu modelo é antivazamento.

Esse efeito é proporcionado por barreiras mais altas, nas laterais, que ajudam a evitar que o pequeno fique todo molhado ao se mexer muito ou mesmo se movimentar. Dessa forma, ele estará muito mais protegido.

Levando em conta nossas dicas na hora de escolher os tipos de fralda para o seu filho, você aprenderá a tomar a decisão certa com muito mais facilidade e segurança.

Fralda de pano: porque utilizar e desvantagens

No cotidiano altamente corrido pode ser difícil imaginar que alguém opte pelas fraldas de pano, mas o que ocorre é que ela traz vários benefícios para o bebê e meio ambiente, além de economia para os pais em longo prazo.

Diminuem o risco de alergia

Por conterem produtos químicos, as fraldas descartáveis podem causar irritação na pele sensível do bebê. Além disso, alguns pais relaxam o número de trocas, o que faz a criança ficar com a pele úmida por um tempo maior, gerando assaduras.

A fralda de pano evita todos esses problemas. O tecido deixa a pele respirar com maior facilidade, não há produtos químicos e o tempo de troca precisa ser menor, o que não gera assaduras.

Economia em longo prazo

Uma criança utiliza geralmente oito fraldas por dia. Isso significa até 2.880 unidades por ano. Imagine o gasto com vários pacotes de fraldas descartáveis.

A fralda de pano tem um custo mais alto inicialmente, mas que é diluído ao longo do tempo, afinal elas não são jogadas foras depois do uso e podem durar bastante.

Ajudam o meio ambiente

A fralda de pano não aumenta exponencialmente o índice de lixo no mundo, até porque são reutilizáveis. Na mesma linha, também não há um alto consumo de recursos ambientais para a fabricação do produto, diferentemente do que ocorre com as fraldas descartáveis.

No caso do gasto de água com as lavagens, ele não é tão impactante, até porque existem modelos hoje que podem ir para a máquina de lavar, o que economiza no processo junto com as outras peças da família.

Pouco prática

A falta de praticidade é a principal desvantagem de quem utiliza fraldas de pano. Ela demanda mais tempo e cuidado, além de ser inconveniente em momentos de passeio ou viagens, em que existe uma dificuldade maior para fazer trocas constantes.

Sobre as fraldas descartáveis, esse é o único ponto em que ela realmente leva vantagem na situação.

Fralda de pano na modernidade

Atualmente existem diferentes modelos e tecidos para as fraldas de pano.

Material

A maioria dos produtos ainda é feito de algodão, um tecido extremamente leve e de fácil circulação de ar, porém já existem opções de dry fit (tecido esportivo maleável, de secagem rápida e mais absorvente), soft e poliamida.

Um detalhe interessante é que alguns tecidos precisam ser “amaciados” antes do uso. O que ocorre é que somente após algumas lavagens eles começam a absorver os dejetos do bebê, antes disso podem ocorrer vazamentos. Contudo isso depende de indicações de cada fabricante.

Modelo

Antigamente, as fraldas de pano eram amarradas com alfinetes e presas ao bebê com uma calça enxuta. Os modelos modernos incluem fechamento em velcro ou com botões e estampas coloridas.

Há opções do tipo pocket, em que o pano absorvente é colocado em um bolso acoplado à fralda, outras que têm capas cujo material interno é só o que precisa ser lavado com frequência e ainda algumas que são uma espécie de calça enxuta completa.

Faça uma escolha consciente

A fralda de pano é mais benéfica de forma geral, porém nem sempre se adapta a realidade da família. Sendo assim, o ideal é observar as características da fralda de pano e descartável e, muitas vezes, usá-las de forma conjugada, de acordo com cada situação.

Acesse meufraldrario.com.br e saiba como como economizar comprando fraldas de forma inteligente.