Cuidados na gravidez

7 fake news e verdades sobre gravidez que você deve saber

A gravidez é uma fase repleta de dúvidas, confundindo as futuras mamães. Porém, nem tudo o que se ouve é verdade. Sempre tem alguém por perto que se julga mais experiente e tem várias dicas para dar, de forma que se espalham diversos mitos e verdades sobre gravidez.

O fato é que muita gente fala aquilo que acredita ser real sem qualquer embasamento médico; por isso, achamos importante desvendar alguns mitos e confirmar verdades que você provavelmente vai ouvir por aí. Continue lendo e confira!

1. Toda gestante sente náuseas

Mito! Realmente, muitas grávidas podem apresentar o sintoma, em especial no primeiro trimestre da gestação, mas não se pode afirmar que toda gestante tem enjoos.

Cada organismo reage de uma forma às mudanças que ocorrem durante a gravidez e, no caso de enjoos, é importante comunicar o médico obstetra, que poderá prescrever remédios para aliviar o incômodo.

2. Ficar muito tempo sem comer piora o enjoo

Verdade! O sintoma se agrava por causa do ácido que o estômago secreta para realizar digestão e é mais sentido quando ele está vazio.

Além disso, é importante ressaltar que, quando uma gestante fica muito tempo sem se alimentar, pode ter hipoglicemia, com sintomas como tonturas e calafrios. Se isso ocorre com frequência, há risco de resultar em diabetes gestacional.

3. O formato da barriga indica o sexo da criança

Mito! Há quem afirme que, se a barriga estiver pontuda, o bebê é menina, e o formato arredondado aponta gravidez de menino, mas isso não é verdade. O sexo da criança não influencia nesse aspecto, mas sim a genética e anatomia da mãe.

4. O feto consegue sentir quando há relação sexual entre o casal

Mito! O bebê não fica na região onde ocorre a penetração, mas sim dentro do útero, protegido pelas membranas da placenta.

Compre Bombinha de Leite MaternoPowered by Rock Convert

Existem diversos mitos sobre sexo na gravidez, já que algumas pessoas acreditam que pode até machucar o bebê. Porém, quando não há complicação ou restrição médica, manter a vida sexual ativa durante o período é seguro e até mesmo recomendado, pois traz benefícios físicos e emocionais para a gestante.

Entretanto, a penetração não é indicada em casos em que há riscos, como placenta deslocada ou indício de parto prematuro.

5. A mulher grávida precisa se alimentar por dois

Mito! Se a gestante exagerar na quantidade de comida, poderá ganhar mais peso do que o recomendado e desencadear problemas como hipertensão e diabetes. Além disso, o bebê pode nascer prematuramente ou desenvolver obesidade.

Uma gravidez saudável depende de uma alimentação equilibrada, com refeições balanceadas e bem distribuídas ao longo do dia. Proteína e carboidratos são importantes por serem fonte de energia para o feto e a mamãe, mas não deve haver exagero.

6. Grávidas costumam ter manchas por causa do sol

Verdade! Realmente, há um aumento nas chances de surgirem manchas provocadas pelos raios solares, por causa do aumento da liberação de melanina que ocorre no organismo das gestantes.

Por causa disso, mesmo quando não for tomar banho de sol, é essencial que a grávida sempre utilize protetor solar no rosto e, se possível, na barriga, locais de maior concentração da proteína.

7. Gestantes devem se deitar sobre o lado esquerdo para dormir

Verdade! Essa, de fato, é a posição que faz com que a grávida se sinta melhor. Com a barriga para cima ou virada para o lado direito, é comum ocorrer falta de ar, sudorese ou enjoos. Além disso, a veia cava é comprimida quando deitamos sobre o lado direito, o que pode elevar a pressão arterial. No caso das grávidas, além de desconfortável, pode ser prejudicial.

Como foi possível perceber, algumas das afirmações ouvidas pelas grávidas não fazem muito sentido, mas outras têm fundamento. Que tal compartilhar esses mitos e verdades sobre gravidez com seus amigos em suas redes sociais? Acreditamos que essas informações podem ser úteis para várias pessoas!

Compre Bombinha de Leite MaternoPowered by Rock Convert

Comentar