Problemas e dificuldades para engravidar

7 minutos para ler
Cuidados com Recém NascidosPowered by Rock Convert

Você sonha em ser mãe? Então você está lendo o artigo certo. Preparamos um guia por meio desse artigo com dicas para engravidar mais rápido. E isso não vale apenas para atitudes simples do dia-a-dia não. Procurar um médico durante esse período também é importante.

Além disso, alguns fatores podem influenciar a mulher, fazendo com que ela tenha dificuldades para engravidar. E tudo isso e muito mais você vai acompanhar durante esse artigo. Não deixe de conferir e boa leitura!

Dicas para engravidar mais rápido: a importância do planejamento familiar

Não basta planejamento financeiro quando um casal pensa em ter um bebê. O planejamento financeiro é importante, obviamente, mas o planejamento familiar também é. Planejamento familiar, nada mais é, que cuidar da saúde do casal antes da gravidez acontecer.

Nesse caso, é fundamental que a mulher procure um ginecologista e explique o seu desejo. O profissional vai receitar ácido fólico. Assim, ela começa a tomar antes mesmo de engravidar. Fora isso, também há outros cuidados simples que ajudam na gravidez, como por exemplo, a vacinação.

Além disso, também é preciso tomar cuidado com o peso. Começar uma gravidez com sobrepeso não é recomendado e nem saudável para a futura mamãe. O sobrepeso também pode dificultar para a mulher ter um parto normal.

Como identificar a dificuldade para engravidar e quando não se preocupar

Se você é uma pessoa fértil, foi no médico e está tudo certo e mesmo assim está com dificuldades para engravidar, não se preocupe. Pode ser apenas um reflexo da ansiedade ou aspectos psicológicos afetando você. É importante que você fique tranquila e não se desespere, caso contrário, isso pode te prejudicar.

Mas, também há motivos em que a dificuldade para engravidar deve ser acompanhada por um profissional. Distúrbios de ovulação, por exemplo, é um deles. Além desses também há obstruções na trompa, doenças sexualmente transmissíveis e doenças imunológicas.

Em todo o caso, o recomendado é que você procure orientação médica para descobrir o que está atrapalhando você a engravidar. O profissional é o mais indicado para descobrir o motivo e passar o tratamento recomendado para que o problema seja resolvido.

Questões psicológicas que podem influenciar

Como falei anteriormente, há tanto questões psicológicas, como fisiológicas que podem atrapalhar a mulher a engravidar. O estado psicológico do casal pode ser decisivo para que a gravidez aconteça.

Em primeiro lugar, o casal não deve passar a ter relações sexuais apenas para ter um bebê. Esse ato deve ser um ato de entrega e prazer, não apenas por obrigação. Isso pode minar o relacionamento e o foco não é esse.

Por isso, é importante tirar do relacionamento a “obrigação de ter um bebê”. Mude o foco e faça outras coisas que podem auxiliar. Mude a alimentação, coma frutas, ômega 3, verduras e evite muitos carboidratos. Também é interessante que você pratique atividades físicas.

Essa é uma forma de diminuir o estresse e a ansiedade, fatores psicológicos que podem atrapalhar o processo. Se você puder, viaje toda semana e namore também. O segredo é ter uma vida leve, sem ficar com o pensamento de que você quer ter um filho. Quando você menos esperar, você receberá o resultado positivo.

Questões fisiológicas que podem influenciar

Mas, assim como há questões psicológicas, também há questões fisiológicas. Abaixo enumeramos as principais. Acompanhe.

Síndrome dos ovários policísticos

Esse é um fator que acomete cerca de 10% de todas as mulheres. No caso das inférteis, essa porcentagem sobe para 75%. A doença ocasiona menstruação irregular, cólicas, acne, pele oleosa e obesidade. Suas características são a falta de ovulação e o excesso de testosterona, isto é, hormônio masculino.

Quem tem a síndrome e quer engravidar, precisa passar por um tratamento à base de medicamentos que induzem a ovulação.

Endometriose

10 a 15% das mulheres com idade reprodutiva sofrem com endometriose. A doença é caracterizada pelo crescimento do tecido que reveste o endométrio, ou seja, a parede interna do útero. Esse tecido cresce em locais como a bexiga, os ovários e o intestino e pode causar inflamação na cavidade abdominal e nas trompas.

Papinhas para BebêPowered by Rock Convert

Alguns remédios podem controlar a doença. Mas, para as mulheres que querem engravidar, o mais recomendado é a cirurgia.

Desregulação hormonal

Alterações de humor, mudanças de peso bruscas, ciclos irregulares e ansiedade podem indicar que os seus hormônios estão alterados. A ovulação é controlada por meio de hormônios, além de depender também que o organismo funcione corretamente. E qualquer desregulação pode prejudicar uma possível gravidez.

Miomas

Os miomas são tumores benignos que aparecem no útero. Suas causas não foram determinadas ainda. É comum em mulheres com idade entre 30 e 40 anos. Eles dificultam a ovulação porque alteram uma parte do útero. O problema pode ser resolvido através de cirurgia.  

Importância do acompanhamento de médicos

Mesmo que você não tenha nenhum problema de saúde, o recomendado é que você procure acompanhamento de médicos. Você pode começar esse acompanhamento até um ano antes de você começar a tentar engravidar.

Dessa forma, é possível que você faça exames e tome todas as vacinas necessárias. Com isso, o ambiente, isto é, seu organismo, estará favorável para gerar um bebê.

Na consulta, o médico também poderá fazer exames específicos para identificar se você tem algum problema de saúde. Por exemplo, lúpus, diabetes, depressão ou hipertensão. Além disso, o profissional também pode perguntar a você como é o seu estilo de vida. Isso tudo é necessário para que o médico veja se a sua rotina precisa mudar.

Em todo o caso, abaixo você confere alguns exames que podem ser comuns de serem solicitados pelo ginecologista:

  • Exames ginecológicos
  • Exames de urina
  • Exames de sangue
  • Verificação da pressão arterial
  • Vacinas
  • Suplemento de ácido fólico

Como deu para perceber, não é necessário nada muito mirabolante para que você consiga engravidar. Com atitudes simples. Esse sonho pode se tornar realidade.

Dicas para engravidar mais rápido  

Depois desse guia, vamos conferir abaixo algumas dicas para engravidar mais rápido. Vale ressaltar que essas dicas não substitui uma ida ao médico, certo? São dicas para ajudar no processo.

Descubra se você está no período fértil

Conhecer como o seu corpo funciona pode ser primordial para que você consiga engravidar. Por isso, você precisa saber quando você está no seu período fértil. Saber identificar o muco cervical ou os sinais que o corpo manda é importante.

Mas, se você sente dificuldades em descobrir, pode recorrer aos aplicativos. Existem vários aplicativos que funcionam como uma tabelinha. Preenchendo com seus dados, é possível que você descubra a data da próxima menstruação.

Além disso, você também pode descobrir quando você pode estar fértil, quando você está fértil e quando você não está fértil.

Permaneça deitada depois da relação

Depois da relação, fique deitada durante uns quinze minutos, com a barriga para cima. Pode parecer papo furado, mas cientistas já comprovaram essa teoria. E vamos combinar, não custa nada ficar deitada um tempinho. Afinal, não vai te fazer mal algum.

Coma minerais, vitaminas e faça exercícios físicos regularmente

Ter um corpo nutrido, faz com que o seu organismo funcione de uma melhor forma. Você pode optar por alimentos ricos em ácido fólico, como folhas de cor verde e os vegetais. Azeite, sementes de girassol, zinco, vitamina E e vitaminas do complexo B também podem ajudar.

Além disso, evite os carboidratos e faça exercícios físicos com frequência. Eles melhoram a produção hormonal e o sistema circulatório.


Espero que você tenha gostado do nosso guia e das nossas dicas para engravidar mais rápido. Agora é com você. Boa sorte e até mais!

Cuidados com Recém NascidosPowered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário