Alimentação

Dicas para introdução alimentar de bebês

Escrito por Equipe Fraldário

Muitos pais de primeira viagem têm dúvidas sobre o jeito certo para introduzir novos alimentos para o bebê. Afinal, é muito importante diversificar a alimentação do bebê e introduzir uma dieta saudável a partir dos seis meses de vida. A hora certa para começar essa nova alimentação depende do desenvolvimento do bebê e deve ser acompanhada junto ao pediatra. Se você já está pensando em como introduzir novos alimentos na rotina do seu filho, confira as dicas que preparamos para você!

Comece pelas frutas

Em geral, os pediatras recomendam iniciar o processo de introduzir novos sabores na alimentação do bebê utilizando frutas, tanto na forma de suco como em papinhas. O ideal é apresentar esses alimentos ao natural, sem adição de açúcar. Dê preferência às frutas mais docinhas, como a banana, o mamão e a maçã. Na hora de fazer a papinha, evite triturar completamente os alimentos: a consistência ideal é a pastosa. No caso dos sucos, é necessário coar antes de colocar na mamadeira.

Depois, vá para as papinhas salgadas

As papinhas salgadas nem sempre são bem aceitas na primeira tentativa. Se for o caso, a refeição pode ser complementada pelo leite materno. Os alimentos frequentemente usados para fazer as papinhas são os tubérculos (como a batata), leguminosas, verduras e legumes. Também é possível utilizar carne de frango e carne. Lembre’se que as papinhas devem ser preparadas com alimentos frescos e é importante ter muito cuidado com o sal e o tempero.

Tenha paciência

Introduzir novos alimentos na rotina de alimentação do bebê não é uma tarefa fácil. É provável que ele recuse a novidade e é preciso ter paciência e insistir, apresentando o mesmo alimento várias vezes. Para não confundir a criança, comece introduzindo um novo alimento de cada vez e aguarde alguns dias até que a criança assimile a novidade para apresentar algo diferente. O ideal é criar uma rotina e respeitar o horário das refeições para que a criança comece a desenvolver bons hábitos alimentares.

Campanha de Doação de Fraldas

Ofereça água no copo

A introdução da nova alimentação deve ser acompanhada por um novo hábito: beber água no copo. O ideal é usar um copinho infantil e não a mamadeira, para evitar confusão e não ameaçar a amamentação. No início, a recomendação diária é de até 100ml por dia.

Lembre-se da importância de um prato colorido

A partir dos nove meses, o bebê deve começar a participar da rotina de refeição da família. Para isso, é importante começar a separar os alimentos para que a criança comece a conhecer e diferenciar os sabores e também é necessário variar o cardápio para evitar que a criança tenha um paladar muito restrito. Vale usar os pratinhos infantis, com divisórias, e apresentar os alimentos com criatividade para despertar o interesse na refeição!

Conforme a alimentação do bebê ganha novos alimentos, é importante dar o exemplo: crianças que veem os pais comendo pratos congelados, fast food e comidas pouco saudáveis tendem a desenvolver maus hábitos alimentares e até mesmo podem criar resistência a uma dieta mais saudável. O ideal é que até o primeiro ano de idade a criança já se alimente de forma bem semelhante à família – respeitando, é claro, a consistência dos alimentos e controlando o sal e o tempero.

Gostou dessas dicas? Tem outros truques para introduzir novidades na alimentação do bebê? Deixe um comentário!