Dicas para estimular a mente do seu filho

4 minutos para ler
Cuidados com Recém NascidosPowered by Rock Convert

É na primeira infância de seu pequeno que as principais mudanças acontecem, e é nesse primeiro período que suas experiências determinaram que tipo de ser humano será quando adulto, pois trata-se de um período de conhecimento de si, do outro e do mundo.

Nessa fase, é aconselhável que mamãe e papai incentivem o desenvolvimento social e a interação com a criança através do toque, sons, e do visual, com brinquedos de cores vivas. Pensando nisso, separamos aqui algumas dicas para estimular a mente do seu pimpolho nos três primeiros anos de vida! Veja só:

É hora de brincar

Reserve um tempo do seu dia para brincar com seu filhote! Jogos e exercícios de memória e inteligência sempre fizeram parte das civilizações — fossem cartas ou tabuleiros que ensinavam estratégias de caça, caminhos em torno das cidades, raciocínio lógico, memória e inteligência. Um estudo escolar realizado na Venezuela, por exemplo, constatou que alunos que passaram a jogar xadrez tiveram um ganho no QI de acordo com as medidas tradicionais!

Cada etapa é uma necessidade e um estímulo, atente-se!

Estimular seu filho, além de divertido, também promove uma aproximação ainda maior, e por isso, é importante atentar-se às necessidades de cada fase inicial:

Até os 3 meses

O pequenino está fortalecendo seus músculos, então aproveite para ajudá-la fazendo alongamentos suaves e massagens, o método indiano shantala é uma boa dica!

Dos 3 aos 6 meses

A firmeza no tronco já começa a surgir! Estimule utilizando brinquedos e tapetes de texturas onde o bebê possa rolar e desenvolver o tato.

Dos 6  aos 9 meses

O pimpolho já apresenta firmeza nas mãos, por isso os brinquedos podem ser maiores, macios e laváveis, pois a tendência de levar tudo a boca é natural. Espalhe-os  no ambiente para que a criança inicie o esforço de arrastar-se e engatinhar.

Papinhas para BebêPowered by Rock Convert

Entre 9 meses e 1 ano

Você já pode ajudar seu baby a ficar de pé. Além disso, a observação e imitação já começam a surgir, estimule com gestos e sons, como palmas e música: dessa forma já inicia a comunicação.

Entre um 1 ano e 1 ano e 6 meses

Os guris e as gurias já começam a andar sozinhos e podem ser incentivadas com objetos e brinquedos adequados que possam empurrar e/ou puxar. A coordenação motora também surge. Experimente mostrar um giz de cera para que possam desenhar, essa é uma boa pedida para desenvolver a criatividade, assim como a organização de cubos e caixinhas.

Com 2 anos

A fala já começa a fazer-se presente na comunicação, mostre revistas, partes do corpo, aponte e diga o que é cada objeto. Incentive nas atividades com bola, sejam meninos ou meninas, pois ajuda no fortalecimento e agilidade das pernas!

Com 3 anos

O pimpolho já não é tão pequeno e possui bastante energia, embora seu corpinho ainda esteja em desenvolvimento. Leve-o ao parque, incentive brincadeiras de estímulo físico como pega-pega e equilíbrios: a criança será estimulada ao raciocínio e à estratégia para desenvolver atividades em grupo.

Mente e corpo caminham juntos

Muitos se enganam quando pensam que o estímulo mental parte apenas do intelecto diretamente. Atividade física, coordenação motora, leitura de histórias, jogos, músicas e representações, todos servem para aprimorar o desenvolvimento da criançada!

Observar as habilidades e promovê-las é o caminho para novos desafios que serão conquistados passo a passo, pois as mudanças iniciam-se ao nascer e seguem por toda a vida.

E você, tem outras dicas para estimular a mente dos pequerruchos? Conte para a gente nos comentários!

Cuidados com Recém NascidosPowered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário