Desenvolvimento Higiene

Desfralde: dicas preciosas para tirar a fralda da criança

Escrito por Equipe Fraldário

O desfralde é um momento importante na vida da criança e dos pais. A criança descobre que pode controlar melhor seu corpo. Os pais percebem que a fase em que o filho era um bebê chega ao fim. Com isso, ambos ganham independência.

Para que o desfralde seja uma transição positiva, é preciso observar alguns sinais no comportamento da criança e seguir 5 etapas básicas:

Converse com a criança

Crianças são frequentemente subestimadas. Em geral, elas entendem mais o ambiente que as cerca do que os pais percebem ou admitem. Elas gostam e apreciam explicações. Então, antes de começar o processo de desfralde, explique:

  • que ela vai deixar de usar fralda eventualmente;
  • que isso faz parte do processo de crescimento;
  • que vai ser bom para ela e para vocês;
  • que acontecerá aos poucos e conforme ela estiver pronta.

Explique que é normal, no começo, se ela fizer xixi na calça, ou se só perceber que queria fazer xixi depois que tiver feito. Diga que isso não vai chatear você e que ela também não precisa ficar triste se isso acontecer.

Mostre o que é papel higiênico e como se dá a descarga. Deixe que ela veja adultos, como os pais ou os avós, usando o banheiro. Dessa forma, a criança vai perceber que é uma coisa simples e que faz parte da vida de todo mundo.

Espere o momento certo

Tirar a fralda antes da criança estar pronta só vai atrasar o processo. Vai ser desgastante para todos os envolvidos, a fralda vai voltar e continuar entre vocês por alguns meses. A tensão será maior quando você tentar o desfralde pela segunda vez.

Então, quando realizar o desfralde? Quando a criança der sinais de que sabe o que é xixi e cocô e quando ela começar a indicar que quer fazer um dos dois. Pode ser que ela diga que quer fazer cocô, pode ser que se esconda ou se abaixe um pouco. Pode ser que ela reclame quando a fralda estiver suja. Tudo isso demonstra consciência com relação às suas necessidades fisiológicas.

Campanha de Doação de Fraldas

Em geral, isso acontece por volta dos 2 anos, 2 anos e meio.

Tire a fralda durante o dia

Quando a criança demonstrar esses sinais, tire a fralda dela durante o dia e tome alguns cuidados para facilitar o processo:

  • prefira fazer o desfralde durante uma época quente do ano, caso você more em uma região com inverno rigoroso;
  • deixe-a apenas de calcinha ou cueca nos primeiros dias;
  • evite roupas complicadas de tirar;
  • explique que antes de fazer xixi ou cocô ela deve avisar.

Você também pode considerar o uso de cuecas ou calcinhas para desfralde.

Apresente o penico

Para que a criança crie uma intimidade com o penico ou com o redutor de assento sanitário, incorpore-o na vida dela de forma lúdica. Procure livros ou músicas sobre o assunto. Leve-a junto para comprar o penico, deixe-a escolher o modelo. Convide-a para personalizar o penico, colando adesivos ou purpurina nele.

Incentive a criança a sentar no penico, mas não force. Deixe-a sentar nele com roupa se ela quiser. Use bonecos para demonstrar o que deve acontecer ali: o ursinho avisa que quer fazer xixi, você ajuda ele a sentar no penico, ele faz xixi, você o ajuda a se limpar e depois ele se levanta para continuar brincando.

Se ela tiver medo do penico ou achá-lo desconfortável, coloque um banquinho próximo ao vaso sanitário para facilitar o acesso da criança e para que ela apoie os pés quando estiver sentada. Enfatize que ela não deve subir no banquinho sem a ajuda de um adulto. 

Seja paciente

O tempo de desfralde varia: pode levar poucos dias para uma criança e um mês ou mais para outra. Depois que a criança estiver indo ao banheiro durante o dia com frequência, tire a fralda noturna. Essa é a parte mais longa do processo: pode levar meses ou até anos para que a criança controle bem o xixi e o cocô durante a noite.

Se aos 5 anos a criança ainda fizer xixi na cama com frequência, procure um médico.