Cuidados com o bebê Maternidade

Descubra quando e como cortar cabelo de bebê sem medo

Alguns bebês já nascem bem cabeludinhos, enquanto outros nascem com poucos e ralinhos fios, ou, até mesmo, carequinhas. Mas é fato que todos precisarão, em algum momento, aparar o cabelinho. Por esse motivo, neste post, ensinaremos a você como cortar cabelo de bebê.

Cada neném possui suas próprias características com relação ao cabelo — comprimento, densidade, velocidade de crescimento. No entanto, os fios podem ser cortados sempre e quando os pais considerem necessários. Então, continue com a leitura pra saber tudo sobre o assunto!

Quais os mitos sobre o corte de cabelo de bebê?

Muitas pessoas acreditam que o cabelo de um neném deve ser totalmente raspado para garantir a força dos novos fios. Esse é um grande mito. Afinal, cortá-lo curtinho ou até mesmo raspar não fará diferença alguma na saúde e força dos fios que ainda virão. Isso deve-se ao fato de que as características capilares são determinadas geneticamente.

Ainda, há quem acredite que não se deve cortar o cabelo antes da criança completar 1 aninho. Acreditam que isso faz com que os fios percam força, além de prejudicar o desenvolvimento do bebê. Esse é outro mito que não deve ser levado em conta. Como já mencionamos, o cabelo do neném pode ser cortado sempre que necessário.

Quando levar o bebê para um corte profissional?

Não há uma regra, pois dependerá das características dos fios do seu filho. Há quem diga que o ideal é esperar até que a criança tenha por volta de 6 meses porque é nessa fase que os nenéns têm maior firmeza no pescoço e na cabeça. No entanto, há salões especializados em cortes de crianças e até de bebês.

Além de o ambiente estar devidamente preparado e decorado para receber os pequenos, os profissionais têm treinamento específico para esse público tão especial. Isso é um ponto fundamental, pois, a falta de paciência do cabeleireiro pode gerar desconforto e até trauma para cortes futuros.

Como cortar cabelo de bebê em casa?

Em grande parte dos casos, não há necessidade de levar o bebê a um salão em seu primeiro corte. Afinal, trata-se de um corte simples e higiênico. Ou seja: apenas para aparar os fios, principalmente os da franjinha, que costumam incomodar os olhinhos da criança.

Por esse motivo, pode-se cortar em casa. Mas é preciso ficar atenta a alguns detalhes. Assim, escolha um momento que o bebê esteja bem relaxado — como após o banho — ou, até mesmo, dormindo. O ideal é pedir ajuda a outra pessoa para que ela segure delicadamente a cabecinha da criança enquanto você corta. Isso evitará que ela se mexa subitamente, podendo causar acidentes.

Então, umedeça os fios e, com um pente, separe as mechas mais longas. Utilizando uma tesoura sem pontas, corte as pontinhas até na altura desejada. Não esqueça da nuca nem das costeletas. Faça isso sem pressa e com bastante paciência. Logo que terminar o corte, o ideal é dar um banho no bebê e lavar o cabelinho. Dessa forma, evitará que os fios soltos no corpinho ou roupa o incomodem durante o dia.

Pronto! Agora você já sabe como cortar cabelo de bebê! Além disso, viu que o corte pode ser feito a qualquer momento da vida do pequeno. Isso não afetará de modo algum a estrutura dos fios e muito menos o desenvolvimento da criança. Pode ter certeza que, após aparar os fios, seu filho se sentirá muito mais aliviado. Principalmente se o comprimento estava incomodando.

Comentar