/ Maternidade

Como monitorar o seu bebê a distância?

Quando se é mãe ou pai, há a vontade de proteger e vigiar o seu filho 24 horas por dia. Porém, não é possível ficar o tempo todo ao lado dele, já que há outros aspectos da vida que também precisam de atenção. Além disso, manter um tempo para as próprias atividades faz bem para si e para suas relações.

Uma ótima opção seria poder aproveitar esses instantes de “liberdade”, ter foco no trabalho e, ainda, monitorar o bebê a distância, tendo a certeza de que está tudo bem e em ordem com ele.

Você sabia que isso já se tornou possível? Então, para saber sobre esse assunto, continue a leitura do nosso post de hoje e veja mais!

O que foi criado para monitorar os bebês?

Já havia no mercado algumas babás eletrônicas que permitiam vigiar e ouvir seu bebê, mas apenas dentro de casa, de um cômodo para outro. Hoje em dia, só isso não é suficiente. Queremos ter a certeza de que ele se encontra bem, não importando onde estejamos.

Então, surgiu o monitoramento do bebê a distância por diversos meios, com o auxílio da tecnologia e dispositivos wearebles.

Essa é uma forma de assegurar o bem-estar do seu bebê, conciliando com a vida agitada e, também, conseguindo um aumento na qualidade de vida do seu bebê.

Quais são os recursos para monitorar o bebê a distância?

Entre os diversos dispositivos tecnológicos, encontram-se câmeras de vídeo, smartphones e wearebles, por exemplo. Veja algumas das funcionalidades que podem ser encontradas nessas ferramentas de monitoramento para o seu bebê:

Vídeo e som de alta qualidade

A principal função é oferecida, quase sempre, em HD. Poderá assisti-lo e se tranquilizar com a melhor qualidade possível.

Alerta para barulho ou movimento

O monitoramento a distância deve ser um aliado importante para que você possa dormir tranquilo, sabendo que será acordado a qualquer sinal de que seu filho esteja precisando de você.

Visão noturna

Para que nenhuma qualidade seja perdida, algumas câmeras possuem infravermelho para o caso de baixa luminosidade ou ausência de luz.

Controle de temperatura

Alguns avisos são enviados para que possa monitorar a temperatura do quarto e manter seu bebê sempre confortável.

Músicas

Para acalmar ou distrair seu filho, algumas músicas e sons de ninar podem ser programados e, assim, mantê-lo entretido enquanto você não está por perto.

Gravação e fotografia

Sabe aquele momento em que seu filho faz algo tão inusitado que você deseja ter gravado? Com alguns recursos de monitoramento, é possível gravar ou fotografar seu filho em diversas ocasiões e também para manter a segurança.

Alerta de bateria

Para que não corra o risco de ficar sem bateria no meio da noite e perder algum tempo de vigia, os aparelhos enviam um alerta quando a bateria está ficando fraca.

Transmissão de voz

Você poderá conversar com seu filhote e brincar quando não estiver no quarto, pois alguns aparelhos transmitem a sua voz para a criança.

Quais são as formas mais baratas e práticas?

Algumas vezes, no entanto, o orçamento está apertado e comprar uma babá eletrônica torna-se um pouco inviável. Por isso, alguns aplicativos permitem que seu smartphone seja transformada em uma babá e que a paz possa ser estabelecida.

Para isso, será necessário que você tenha um telefone disponível (além do que você usa, claro). Baixe o aplicativo de monitoramento em ambos os celulares e programe um para ficar no quarto e um para ser o que você vigia.

Não esqueça de manter a câmera virada para o berço e o celular a uma distância em que o bebê não o derrube, mas que você possa assisti-lo com clareza. Mantê-lo sempre na tomada também pode ser uma boa opção.

Viu só como o avanço da tecnologia está tornando possível monitorar o bebê a distância? E você? Como pretende se manter próximo do seu bebê com o uso destas novas tecnologias?

Como monitorar o seu bebê a distância?
Compartilhar isto

Seja um assinante do Meu Fraldário