Escolher as roupinhas para o bebê é uma das tarefas mais prazeirosas durante a gravidez, não é? São tantas opções que é comum os futuros papai e mamãe exagerarem e comprarem muito mais do que o bebê vai usar.  

Para não cair nesta armadilha e gastar mais que o necessário, é preciso levar em consideração alguns fatores como o clima, o crescimento do pequenino, a segurança e a praticidade das roupinhas. Para ajudar em sua escolha, acompanhe nossas dicas e monte um enxoval prático e cheio de estilo para o seu filhote:

Frio ou calor?

A primeira providência a tomar é calcular em que estação do ano o bebê vai nascer. Em algumas regiões do Brasil, há grande variação de temperatura entre um mês e outro, por isso o enxoval deve ser baseado no clima, principalmente na escolha do tecido das roupinhas.

Para o verão, dê preferência a tecidos, de fibra natural, como algodão. Já para o inverno, o plush (ou soft) é uma opção bem quentinha e mais prática que a lã, que solta muitos fiapos e pode irritar um pouco a pele do baby.

Seguro e confortável

O conforto do seu pequeno deve ser o principal objetivo, afinal ele acaba de sair do lugar mais aconchegante do mundo!

Roupas com tecidos suaves, que não pinicam nem soltam fiapos, são a melhor escolha para que seu pequerrucho fique seguro e confortável. Fuja dos modelitos com aplicações e acessórios contendo pecinhas que possam se soltar ou machucar o bebê, como botões externos, cordões, fitas e zíperes.

Para evitar alergias ou irritações na pele, lave tudo antes de ser usado, de preferência com sabão neutro ou de coco.

Praticidade

No primeiro ano de vida, você vai trocar a fralda de seu filho tantas vezes que é impossível contar, o que significa tirar e colocar a roupinha muitas vezes por dia. Por isso, quanto mais fácil de vestir e de tirar, melhor para você e para seu guri.

Procure por peças com abertura lateral ou frontal, que são mais fáceis e práticas do que aberturas nas costas. Os bodys, que têm abertura entre as pernas, são uma ótima opção para vestir por baixo das roupinhas, assim você não precisa tirar toda a roupa para trocá-lo.

Menino ou menina?

A primeira pergunta que qualquer pessoa faz à mulher grávida é o sexo do bebê, e isso costuma ser também o que guia muitas mamães na escolha do enxoval.

Porém, atualmente alguns pais e mães preferem evitar esses estereótipos na criação de seus pequenos. Nesse caso, roupinhas coloridas com estampas de temas neutros são ótimas opções, como plantas e animais ou personagens literários, por exemplo!

Estilo

Hoje em dia, há roupinhas nos mais variados estilos: os tradicionais rosa/azul com temática fofinha; camisetinhas de caveira ou de bandas para os papais e mamães rockeiros; roupas engraçadinhas com frases divertidas para os bem-humorados e até os temas preferidos dos nerds, como super-heróis e personagens de games. Há roupas com estampas mais coloridas e em tom pastel, roupas cheias de bordados e frufrus e roupas minimalistas.

Independentemente da escolha, tenha em mente que o bebê cresce muito rapidamente, principalmente nos primeiros meses, portanto, é melhor investir em qualidade do que em quantidade.

Seguindo essas dicas, escolher a roupa para o seu pimpolho vai ser ainda mais divertido, e seu filho vai ficar seguro e confortável para se ocupar em descobrir o mundo ao seu redor. Comente contando para a gente como você escolhe os modelitos do seu pequeno e nos vemos na próxima!

Comentar