Cuidados com o bebê Recém Nascidos

Assadura de bebê: 5 dicas para cuidar e prevenir

Livro Mãe Fora da CaixaPowered by Rock Convert

Tem algo bem conhecido dos pais, mães, avós e babás que costuma preocupar: a assadura de bebê. Ela pode se manifestar em forma de bolinhas, vermelhidão e até mesmo descamando a virilha e o bumbum da criança. Esse quadro costuma ser mais frequente nos primeiros dois anos de vida.

As causas principais são calor, umidade ou em função da pele ficar muito tempo em contato com a urina e fezes. 

A boa notícia é que é possível prevenir a assadura de bebê e, caso ocorra, amenizá-la. Quer saber como? Então confira as cinco dicas que separamos! 

1. Troque as fraldas frequentemente 

Mesmo quando a fralda descartável possui alto poder de absorção, é muito comum restar resíduos de urina na pele do bebê, o que pode deixar a área irritada e gerar as temíveis assaduras. 

Por isso, é muito importante trocar a fralda o mais rápido possível sempre que houver sinais de fezes ou urina. É mito o fato de que estar com a fralda cheia de urina não gera nenhuma complicação e o bebê pode ficar mais tempo com ela.

É importante sempre trocar a fralda e higienizar bem a região, mesmo quando o bebê tiver somente urinado. 

2. Não aperte excessivamente a fralda

Um dos fatores que pode gerar assadura de bebê é a umidade. Se a fralda estiver muito apertada, acaba impedindo a passagem do fluxo de ar, deixando a região úmida e favorável para ocasionar assaduras.

Além do mais, as fraldas apertadas podem provocar irritação na cintura e nas coxas do bebê. 

Livro Mãe Fora da CaixaPowered by Rock Convert

3. Seque bem o bumbum e a virilha  

Ao limpar o bumbum e a virilha do bebê, independentemente de usar lenço umedecido ou algodão com água, é essencial garantir que a pele fique tão limpa e seca quanto possível.

Se houver tempo, deixe o bebê por alguns minutos sem fralda, pois a exposição da pele ao ar contribui para fazer secar de maneira suave e natural. 

4. Use pomadas adequadas 

São muitas as opções de pomadas para prevenir e/ou tratar assadura de bebê. Em geral, todas usam do argumento de oferecer a melhor proteção para a pele delicada da criança.

No entanto, é preciso ficar atento para fazer a melhor escolha, uma dica é preferir as pomadas que possuem em sua composição óxido de zinco, vitaminas A e D, lanolina, calêndula e óleos.

5. Preze por produtos de qualidade

Quem é mãe sabe que quando o bebê está desconfortável, a tranquilidade vai embora. Por isso, a pele limpa e bem hidratada após a troca de fraldas é fundamental para garantir o bem-estar do pequeno. A única forma de conseguir isso é contando com produtos de qualidade. 

Alguns lenços umedecidos, por exemplo, podem provocar assaduras devido aos compostos químicos presentes na fórmula do produto responsáveis por ressecar a pele. Também é preciso estar atento às fraldas descartáveis, o fato de não escolher uma boa marca de fraldas pode causar uma série de complicações, entre eles o aumento da umidade na região íntima do bebê. 

Lembre-se sempre: a melhor opção é adquirir produtos de marcas recomendados pelo pediatra. 

Anotou todas as dicas? Elas vão te ajudar a cuidar e prevenir as tão incômodas assaduras.