Amamentação pós-licença maternidade: como fazer?

4 minutos para ler
Cuidados com Recém NascidosPowered by Rock Convert

O período pós-parto é um momento único e desafiador para todas as mães. A licença maternidade não só traz aprendizados práticos, como também um contato íntimo de 24 horas por dia com o bebê. E quando esse período acaba, o que fazer? Voltar ao trabalho implica na quebra dos cuidados imediatos com o bebê e na necessidade de se adaptar a essa nova fase.

No post de hoje nós falaremos sobre a amamentação pós-licença maternidade. Vamos lá?

Até quando devo amamentar?

A amamentação deve ser a principal fonte de alimento dos pequenos. Além de nutritivo, possui substâncias essenciais para o bebê e deve ser oferecido, até os seis meses de vida, de forma exclusiva. Fórmulas infantis não devem ser administradas nessa idade, exceto por indicação médica.

Após os seis meses de vida, deve-se iniciar a introdução das primeiras papinhas salgadas, sucos de fruta natural batidos no liquidificador e coados. Progressivamente, os alimentos passam para amassados, cortados em pedacinhos, até que o bebê possa comer os mesmos alimentos que o restante da família.

Acabou a minha licença maternidade, e agora?

Algumas empresas contam com um serviço dedicado às mães, com um espaço para as crianças, onde a mãe pode amamentar.

Porém, na maioria das vezes, esse serviço não está disponível e a primeira coisa que a mãe de primeira viagem deve saber nessa fase é como conseguir ofertar à criança o leite materno, mesmo estando trabalhando.

Papinhas para BebêPowered by Rock Convert

Para guardar o leite, a mamãe deve realizar a ordenha com extrator manual ou elétrico. Os extratores do tipo buzina ou seringa devem ser evitados, pois não controlam a sucção.

Para realizar a ordenha manual, deverá ser escolhido um ambiente calmo e higienizado. Comece massageando as mamas com as pontas dos dedos, iniciando pelas bordas da aréola e partindo em direção as extremidades. Logo depois, faça um “C” com os dedos polegar e indicador, justamente nas bordas da aréola e realize movimentos suaves com pressão, de forma que os dedos se encontrem.

Aos poucos o leite começará a sair. Despreze o primeiro jato de cada mama e, a partir do segundo jato, colete em um frasco limpo. Repita esses movimentos, alternando a posição dos dedos sobre as bordas da aréola, de forma que todas as glândulas se esvaziem. Quando uma das mamas diminuir o fluxo, passe para a outra e assim por diante. No final, passe uma gota de leite sobre os mamilos para cicatrizar.

Como guardar e preparar o leite?

O frasco deve ser tampado e identificado com data, hora e quantidade de leite. A quantidade por frasco guardado é a de uma mamada. No começo pode ser difícil medir essa quantidade, mas aos poucos, isso fica mais claro para a mãe. Os frascos identificados podem ser guardados em geladeira ou freezer e o leite pode permanecer lá de 1 a 15 dias. No caso da geladeira, nunca deixe o frasco na porta, deixe-o sempre na prateleira.

O preparo do leite é simples. Aqueça o frasco em banho maria e pronto, o leite estará prontinho para o seu bebê. Não é recomendado aquecer o leite no micro-ondas ou diretamente no fogo, pois assim ele perderá suas propriedades nutritivas. Além disso, o leite que foi guardado no congelador (freezer), não pode ser consumido imediatamente, pois seu aquecimento rápido faz com que fatores importantes do leite materno percam seu efeito benéfico.

Ficou com alguma dúvida, mamãe? Escreva para a gente nos comentários! Não deixe, também, de assinar nossa newsletter e receber as melhores dicas de cuidados para você e seu baby.

Cuidados com Recém NascidosPowered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário